Notícias

Servidores ameaçam greve por negociação de data-base

Na foto, protesto do funcionalismo, nesta terça-feira, na câmara municipal Se o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), não receber a diretoria do sindicato e a comissão de negociação para tratar do acordo coletivo deste ano, os 12 mil servidores municipais poderão parar. A ameaça de greve foi anunciada pelo presidente do sindicato, Adriano Roberto Lopes da Silva ‘Pixoxó’, durante protesto da categoria, na manhã desta terça-feira (14), na câmara municipal. “Se o prefeito continuar nos desrespeitando, convocaremos assembleia para, num primeiro momento, decretar ‘estado de greve’”, disse o sindicalista. “E, depois, a greve propriamente dita”. O protest

Veja mais